Espiritualidade avançada, metafísica, física quântica, esoterismo, lei da atração, universo holográfico

domingo, 8 de maio de 2016

A Parapsicologia



O que é a Parapsicologia? Apesar de existirem diferentes definições, seja na wikipédia ou de variados autores, cada qual define à sua maneira. A minha definição de parapsicologia é que se trata de uma paraciência, ou seja uma ciência que vai além do usual e que estudo os fenómenos paranormais, ou seja parafísicos. Nesse sentido a Metafísica é similar.

Tenho uma visão mais abrangente da parapsicologia e englobo neste ramo variadíssimos fenómenos desde: mediunidade, desenvolvimento psíquico, poltergeist e outros tipos de manifestações de entidades extrafísicas, projecção de consciência, visão remota,  cura à distância, Transcomunicação instrumental, entre outros.

Os estudiosos da parapsicologia geralmente querem ter uma abordagem mais científica dos fenómenos que estudam e costumam distanciar-se dos temas de espiritismo e ocultismo (que eles consideram superstição ou folclore), porém eu não separo as coisas. A Prática do espiritismo, xamanismo, ocultismo e todos os fenómenos espirituais são os mesmos que estudados pela parapsicologia, apenas os nomes e expressões são diferentes.

Um espírito ou fantasma, do folclore, pode ter um nome diferente consoante a linha de estudo, podemos denominar como entidade extrafísica, construct energético, aparição espectral, etc. 
Um feitiço como é comumente conhecido, pode ter um nome mais técnico se tivermos imaginação, como: direcionamento energético intencional, evento ritual psicoenergético e por diante.
Precognição pode ter um nome técnico como: hiperestesia indireta do pensamento, cognição anómala, porém nomes são apenas roupagens, modos diferentes de apelidar o mesmo fenómeno, compreende? Todos os dias surgem novas expressões e termos, criados por diversos autores.
O que o Espiritismo apelida de faculdades medianímicas, a parapsicologia chama de Perceção extrasensorial (ESP) como: clarividência, precognição, telepatia, retrocognição, e outras.


Experiências fora do corpo (OOBE- Out of Body Experience) podem ser intencionais ou não intencionais. Quando alguém tem um acidente e fica em coma, recorda-se por vezes de estar flutuando em corpo astral na sala de operações, essa experiência é não voluntária espontânea, tal como por vezes em sonhos: desdobramento astral. Outras vezes temos estas experiências do forma intencional (viagem astral, projeção de consciência na meditação, ou em rituais mágicos ou êxtase).
O que conhecemos por aura, pode ser ainda denominada de: campo biofotónico, por exemplo.


Algumas faculdades conhecidas, como a psicocinese (ação da mente sobre a matéria) acredito que sejam reais, mas por vezes essas faculdades têm sido sobrevalorizadas ou exageradas, nem sempre os efeitos são surpreendentes como nos filmes de hollywood.  Ou seja acredito que por vezes os efeitos são em microescala (micro PK) em vez de macroescala. Por vezes pode acontecer espontaneamente psicocinese, sem que o indivíduo controle ou tenha noção disso (exemplo uma gaveta cair, um copo rachar, desaparecer um anel ou chave da sua mão etc), mas sem grande impacto ou efeito surpreendente em grande escala, mutantes da Marvel não existem na vida real. 


Nos dias correntes, a própria Física quântica também estuda as propriedades não-locais da consciência humana e o cérebro holográfico, ciência e espiritualidade estão a criar pontes de união.

Fenómenos como cura remota (Reiki, cura prância e outros) ou feitiços são sempre formas de direcionar energia rumo a outra pessoa distante, seja para o bem ou para o mal, a parapsicologia define essas operações como bio-Pk ou DMILS (Direct Interaction of Life Systems, ou seja Interação Direta da mente sobre sistemas vivos).



Texto extraído de www.spiritualmatrix.com



Sílvio Guerrinha

Share:

0 comments:

Publicar um comentário

translate

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...





silvio guerrinha livros